Institucional

Dígitro, 40 anos de história

Por incrível que possa parecer, foi apenas durante os anos de 1970 que Florianópolis começou a descobrir as suas verdadeiras vocações.

Foi nessa década que começaram a surgir os turistas, especialmente aqueles vindos da Argentina, fato considerado por muitos como o embrião do que chamamos hoje de IT (Indústria de Turismo).

Nesse mesmo período, projetos pioneiros de incubadoras fizeram nascer empresas de base tecnológica, formando o que conhecemos atualmente como TI (Technology Industry).

Se a vocação turística foi impulsionada pela beleza dos recursos naturais de Florianópolis, a sua vocação tecnológica certamente deve boa medida à qualidade dos cursos de Engenharia, especialmente Mecânica e Elétrica, da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

Foi nesse ambiente que, há 40 anos, nascia a Dígitro.

As histórias que relatam os seus primeiros passos estão recheadas de curiosidades, como o desenvolvimento de um placar eletrônico inédito para o Estádio Orlando Scarpelli, e a criação de um relógio especial para competições de rali, o que facilitava os cálculos do navegador ao permitir a divisão da hora em cem partes e não em sessenta, como é convencional nos cronômetros.

Porém, oficialmente, a empresa foi fundada em setembro de 1977, com foco em telecomunicações, especificamente o desenvolvimento de produtos para as operadoras de telefonia que formavam o antigo Sistema Telebrás. Na foto, a primeira sede.

No início dos anos de 1980, a Dígitro já se consolidava como importante fornecedora desse segmento.

Além de produtos, como distribuidores de chamadas, robôs para testes de centrais e máquinas de mensagem, a empresa se mostrava inovadora, desenvolvendo sistemas que automatizaram e melhoraram significativamente a qualidade de alguns serviços das operadoras.

Foi o caso dos serviços 134 (Despertador Automático) e 102 (Auxílio à Lista), utilizando recursos avançados de texto/voz que observavam as características do português brasileiro.

Durante anos, essas soluções Dígitro tiveram sua qualidade avaliada por milhares de brasileiros, usuários desses serviços.

Na década seguinte, bem antes da privatização das operadoras de telefonia, o que sinalizava uma abertura desafiadora para a concorrência internacional, a empresa já havia buscado novos espaços, ingressando com sucesso no mercado corporativo.

É bem possível que a Dígitro tenha sido uma das primeiras empresas do mundo a implantar o conceito Computer Telephony Integration (CTI) em seus produtos, apostando que a informática, tratada à época com desconfiança, seria a base para o desenvolvimento de soluções Telecom, como PABX, distribuidor de chamadas para Call Center, gravador, unidade de resposta audível, tudo isso condensado em plataforma única.

Para obter esses avanços, a empresa deu e vem dando especial atenção ao seu capital humano e estabelecendo forte cooperação com laboratórios de universidades e centros de pesquisa. Está no seu DNA.

No final dos anos de 1990, a empresa ingressou no segmento de inteligência, tendo como 1º produto um sistema de monitoramento para a segurança pública, hoje conhecido em todo o Brasil como o Sistema Guardião, base das principais operações de investigação dos últimos anos.

Hoje, a empresa possui mais de 2.500 clientes, atuando nos segmentos de Inteligência, TI e Telecom.

Certificada como empresa estratégica de defesa, sua sede, em Florianópolis, é considerada a construção sustentável do sul do Brasil, como reconhecimento de que a sua edificação é a mais sintonizada com os preceitos da arquitetura “verde” em toda a região.

Ao completar 40 anos a empresa se orgulha de ter participado da história da cidade, ajudando na consolidação como polo que cada vez mais atrai e faz florescer negócios de base tecnológica. Enfim, a empresa se orgulha de ter sido testemunha da união das vocações IT (Indústria do Turismo) & TI (Technology Industry), um casal perfeito, que, assim como a Dígitro, escolheu Florianópolis para morar.

Conheça mais sobre a Dígitro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *